Quartos da Quarentena BH – IAB-MG

Quartos da Quarentena BH

Quartos da Quarentena BH

Entidades e movimentos como o Instituto de Arquitetos do Brasil, o movimento Nossa BH, o Instituto Pólis, o Movimento Mineiro de Habitação, entre outros, lançam uma campanha de mobilização para que a cidade de Belo Horizonte utilize da rede hoteleira para criar abrigos dignos e seguros para a população vulnerável moradora de aglomerados, vilas e favelas.

Os movimentos reconhecem que a Prefeitura de Belo Horizonte tem tomado importantes medidas para combater os impactos do Coronavírus, como o aumento da infra-estrutura hospitalar, o apoio a famílias carentes e o rigoroso isolamento social.

No entanto, a avaliação dos movimentos é de que isso pode ser insuficiente. Como o grande aliado no combate ao contágio do Coronavírus é o isolamento social, a precariedade das periferias brasileiras torna-se um enorme entrave: como moradores de aglomerados, vilas e favelas – famílias inteiras que vivem em casas de dois ou três cômodos – podem se isolar?

Estima-se haver, em Belo Horizonte, cerca de 67.500 pessoas acima de 60 anos residindo em favelas (15% da população dos aglomerados, de acordo com projeção feita a partir do cadastro único do governo). Quando o vírus começar a se espalhar por esses territórios, como estas pessoas vão se proteger?

A cidade de Belo Horizonte tem mais de 20 mil leitos de hotéis. Com a pandemia do Coronavírus, a taxa de ocupação dos hotéis está muito baixa. Se cada um desses leitos abrigar uma pessoa vulnerável moradora de áreas de alto risco de contágio, cerca de 4 mil internações hospitalares com pacientes graves poderão ser evitadas. Evitar a sobrecarga no sistema de saúde e garantir o direito ao isolamento da população mais pobre é o propósito dessa campanha.

A Prefeitura tem instrumentos legais, como a Requisição de Imóveis (Inciso XXV do artigo 5º da Constituição Federal), e negociais para que os leitos de hotéis se convertam em Quartos da Quarentena. As entidades estão em diálogo com técnicos, promotores, vereadores e lideranças sociais para buscar contribuir para a viabilização da proposta.

A campanha que está sendo lançada em Belo Horizonte terá mobilização também em outras capitais brasileiras a partir da próxima semana.

 

Serviço:

Campanha Quartos de Quarentena BH

Proponentes: Instituto Urbe Urge, Instituto de Arquitetos do Brasil – MG, Nossas

https://www.bh.quartosdaquarentena.org/

 

Contatos para imprensa:

Instituto Urbe Urge: Roberto Andrés, +55 31 995874857, robertoandres@gmail.com

Instituto de Arquitetos do Brasil – MG (IAB-MG):

Ana Eliza Araújo Secretária Geral, +55 31 993064805, secretariageral@iabmg.org.br

Alexandre Nagazawa Vice Presidente, +55 31 987159889, vicepresidente@iabmg.org.br

Floricena Estevam Carneiro da Silva: liderança comunitária, aglomerado da Serra. +55 31 98633-9399 floremarcia@yahoo.com.br

André Lacerda – Médico Pediatra: +55 31 998926352, alarqmail@gmail.com

Denismar do Nascimento – Educador/ Arquiteto: +55 31 98017-6442, dmarnascimento@gmail.com

 

Organizações apoiadoras

IAB/RJ – Instituto de Arquitetos do Brasil, Departamento do Rio de Janeiro

LabCidade – Laboratório Espaço Público e Direito à Cidade (FAU-USP))

Instituto Urbem

Laboratório de Estudos das Transformações do Direito Urbanístico Brasileiro – LEDUB

Instituto Pólis

Movimento Nossa BH

Instituto Pólis

Sindicato dos Arquitetos no Estado de Minas Gerais

Sindicato dos Arquitetos no Estado do Rio de Janeiro

Movimento Nacional de Luta pela Moradia

Anpur

Associação Brasileira de Saude Mental – ABRASME

ONG Sa Consciência

Plataforma Brasileira de Política de Drogas

Centro de Convivência É de Lei

IABSE

População de Rua Autonoma

Harvard GSD Loeb Fellow

Peabiru Trabalhos Comunitários e Ambientais

Iniciativa Negra por uma Nova Política sobre Drogas – INNPD

PRAXIS-EA/UFMG

NUTH – Núcleo de Terras e Habitação da Defensoria Pública do Rio de Janeiro

Instituto Latino Americano de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos

LEHAB – Laboratório de Estudos da Habitação – UFC

 

Links com mais informações sobre o tema da campanha:

Coronavírus: hotéis de Minas Gerais sofrem com fechamentos e desempregos: https://www.otempo.com.br/coronavirus/coronavirus-hoteis-de-minas-gerais-sofrem-com-fechamentos-e-desempregos-1.2316698

Sem ações, faltará UTI para 42 mil | Blog do Helio Gurovitz | G1: https://g1.globo.com/mundo/blog/helio-gurovitz/post/2020/03/26/sem-acoes-faltara-uti-para-42-mil.ghtml

Prefeitura do Rio vai abrir mil vagas em hotéis para pessoas com alto risco de contágio da Covid-19 | Rio de Janeiro | G1: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/03/24/prefeitura-do-rio-vai-abrir-vagas-em-hoteis-para-pessoas-com-alto-risco-de-contagio-da-covid-19.ghtml

Dados de leitos de hotéis no país. Aqui as planilhas completas: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/economicas/servicos/9040-pesquisa-de-servicos-de-hospedagem-municipios-das-capitais-regioes-metropolitanas-das-capitais-e-regioes-integradas-de-desenvolvimento.html?=&t=resultados

Número total por cidade, número de leitos / 100 mil habitantes. Nesse critério, Natal, Florianópolis e Aracaju são as maiores: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/14786-brasil-tem-2-4-milhoes-de-leitos-em-sua-rede-de-hospedagem

Projeto de lei para conter avanço do coronavírus nas favelas é apresentado na Câmara Federal: https://odia.ig.com.br/brasil/2020/03/5888722-projeto-de-lei-para-conter-avanco-do-coronavirus-nas-favelas-e-apresentado-na-camara-federal.html#artigocompleto

Desenvolvidos por: Sem Fronteiras